CINCO FERRAMENTAS LIVRES PARA EDUCOMUNICAÇÃO COM RÁDIO

O PROJETO CONEXÃO ABRE A CAIXA DE FERRAMENTAS LIVRES USADAS PARA CONSTRUÇÃO DA NOSSA WEB RÁDIO EDUCATIVA

A partir de agora você conhecerá as ferramentas livres ou de código aberto usadas na ação educomunicativa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Sertão desde 2015, a Rádio Conexão.

01 AIRTIME – AUTOMAÇÃO DE RÁDIO

Do ponto de vista técnico a descoberta dessa plataforma de código aberto para automação de rádio representou o ponta pé inicial do projeto. Ou seja, já em 2015 tínhamos um sistema gratuito, hospedado em nossa rede interna que provia todos os recursos para termos nossa web rádio.

Ferramentas LIvres: Detalhe da Tela de Calendário do Sistema de Automação de Rádio Airtime

Detalhe da Tela de Calendário do Sistema de Automação de Rádio Airtime

 

Inicialmente podemos imaginar o Airtime como um kit completo contendo ferramentas de controle de fluxo de áudio(Liquidsoap), de gravação automática dos programas( Ecasound) e o próprio streamming de áudio que é feito pelo Icecast.

Mas fique tranquilo!

Ao executar os simples passos de instalação do Airtime com os requisitos de sistema especificados na documentação da plataforma, todo o kit de automação de rádio é incorporado facilmente ao sistema.

Além disso, a Sourcefabric, empresa tcheca por trás do sistema disponibiliza uma plataforma online que pode ser contratada com pagamentos mensais, ideal para cenários onde não há disponibilidade de infraestrutura ou pessoal pra manter o sistema localmente.

Acesso via navegador

A colaboração é um dos pilares no processo de educomunicação e nesse aspecto a plataforma Airtime se diferencia por viabilizar o acesso remoto via web. A aplicação nos entrega todos os recursos necessário para automação da rádio, dentre eles o calendário de programação, a biblioteca de mídias, o gestor de fluxos, a gerência de contas e privilégios no sistema e até recursos avançados de relatórios e criação de blocos inteligentes.

Sobre a Sourcefabric

Coincidentemente, a cultura organizacional da empresa sediada em Praga, na República Tcheca dialoga perfeitamente com a Educomunicação e com conceitos de Alfabetização para as Mídias( Media Lieracy). Ocorre que além de desenvolver a plataforma de código aberto para automação de rádio Airtime, a empresa conduz seu modelo de negócios direcionando seus produtos para o segmento de mídia independente.

O lema da empresa é “Feito de Jornalistas para Jornalistas” e todas as ferramentas desenvolvidas por eles são disponibilizadas gratuitamente e com seu código aberto.

Não deixe de conferir o portfólio de ferramentas da Sourcefabric.

02 ARDOUR – ESTAÇÃO DE TRABALHO EM ÁUDIO

Se o Airtime viabiliza a gestão colaborativa e a transmissão da rádio, o Ardour é a ferramenta de tecnologia da informação e comunicação que interage diretamente com o processo criativo inerente da ação educomunicativa.

Basicamente o Ardour uma estação de trabalho em áudio digital ( DAW – Digital Audio Workstation) que pode ser utilizada na captura das locuções, na edição , na masterização e finalização do áudio.

Ferramentas Livres: Ardour

Detalhe da interface do Ardour em produção.

 

É uma ferramenta livre, multiplataforma que tem conquistado adeptos no meio meio musical como alternativa às soluções proprietárias. Sendo escalável por meio de instalação de plugins ela se coloca em nível de plataformas de produção e edição de áudio conhecidas.

Você pode saber mais sobre o Ardour acessando o site da comunidade de desenvolvimento.

03 AUDACITY – EDITOR DE ÁUDIO RICO E SIMPLES

O Audacity é um conhecidíssimo editor de áudio de código aberto na comunidade de software livre. A condução de um projeto de rádio escolar muitas vezes exige criatividade em função de limitações técnicas, no entanto atualmente é possível, na falta de um sistema de captura de áudio, por exemplo, efetuar as captações usando celulares, o que pode otimizar o processo criativo.

Ferramentas Livres - Audacity

Nesse ponto o Audacity pode ser uma alternativa simples porém altamente funcional nas tarefas de corte, redução de ruídos, normalização do volume e melhoramentos de áudio.

Não se engane!

O Audacity, com sua interface enxuta, é também um editor de áudio bastante profissional, escalável por meio de plugins e que, por ter uma comunidade de usuários bastante numerosa possui rica documentação, tendo muitos materiais no idioma português.

04 MIXXX – PROGRAMAÇÃO AO VIVO

O MIXXX é uma ferramenta voltada à mixagem ao vivo, com foco no seguimento de DJs. Com até 4 Decks e recursos avançados de gerência de mídias, mixagem e suporte a hardwares de áudio diversos faz frente às opções de mercado desse segmento.

Já no escopo da rádio educativa o MIXXX viabiliza transmissões ao vivo, sendo integrado ao Airtime de modo bastante simples. Há até uma interface gráfica customizada para esse fim.

Ferramentas Livres - MIXXX

É mais um sistema multiplataforma assim como Ardour e Audacity e pode ser facilmente instalado em distribuições Linux, no Windows e no Mac.

05 PICARD – CORRETOR DE METADADOS

A gestão das mídias( músicas, locuções, vinhetas, programas, spots) por parte da plataforma de automação é executada por meio consultas aos metadados que em síntese são informações úteis que cada arquivo de mídia contém.

Sendo assim, uma biblioteca de mídias contendo arquivos com metadados incompletos pode criar um ambiente caótico que dificulta a gestão da programação da rádio educativa. O Music Brainz Picard é uma opção aberta para corrigir os metadados de arquivos de música de forma automática.

Ferramentas Livre - Picard

Basicamente o sistema funciona consultando um repositório de metadados construído colaborativamente e disponível na web a partir de informações que o software encontre no arquivo a ser corrigido. Você também facilmente colaborar com suas correções manuais, enviado para a base de dados online do MusicBrainz Picard.


BÔNUS

 

UBUNTU STUDIO

 UM SISTEMA OPERACIONAL TODO PROJETADO PARA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

Umas das pretensões do Projeto Conexão, do Instituto Federal do Rio Grande do Sul – Campus Sertão é identificar um modelo de baixo custo para implantação de rádio educativa levando em conta o contexto da escola pública.

O uso de ferramentas livres ou plataformas de código aberto sempre foi uma das hipóteses e atualmente vem se mostrando interessante pela diversidade e pelo riqueza de recursos.

O Ubuntu Studio facilita a curva de aprendizado em software livre trazendo pré-instalados boa parte dos aplicativos úteis na produção audiovisual( incluindo o Ardour e o Audacity).

Além disso, o sistema operacional é otimizado para obter alto desempenho no processamento, inclusive em cenários onde recursos de hardware são modestos, realidade das instituições de ensino públicas.

Então, vale à pena apostar nas ferramentas livres?

Como mencionado anteriormente, o uso de software livre foi desde o princípio uma aposta do Projeto Conexão para elaboração de um modelo acessível de ação educomunicativa com produção radiofônica. A hipótese tem se confirmado na medida em que plataformas como o Airtime, o Ardour e Picard vão sendo descobertas.

Dessa forma o projeto consegue desviar de limitações não só de orçamento mas também técnicas relacionadas à disponibilidade de hardware(a opção por distros Linux viabiliza a produção audiovisual em computadores modestos).

Nossa experiência mostra que os custos e a burocracia por trás da aquisição de licenças de software no âmbito do serviço público muitas vezes é um fator que gera evasão de boas ações.

Finalmente, uma das próximas apostas do projeto é que a abordagem focada em código aberto possa instigar, principalmente nos cursos da área de informática, a participação em comunidades de desenvolvimento de software, para além do uso das aplicações.

AGUARDE!

Estamos em processo de elaboração de documentação técnica envolvendo as ferramentas e rotinas utilizadas no projeto e brevemente compartilharemos esse conteúdo.