A história do Projeto Conexão e novas perspectivas

A semente do Projeto Conexão foi plantada a partir de ações em sala de aula com foco no uso da mídia rádio em atividades pedagógicas especificas ainda no ano de 2016. Na sequência a iniciativa foi institucionalizada por meio de um projeto de ensino, com disponibilidade de bolsas e consequentemente a formação de uma equipe.

De lá para o projeto vem fazendo jus ao seu nome, conectando várias áreas da comunicação, da criatividade e das artes evidenciando seu potencial como iniciativa de Educomunicação.

A proposta de continuidade do Projeto Conexão do IFRS Campus Sertão a partir de 2018 busca aprimorar os processos e metodologias consolidados no ano 2017 e evidenciados tanto no fluxo de trabalho da equipe quanto nas ações de aprendizagem em disciplinas de alguns dos cursos, inclusive, promovendo ações integradas transdisciplinares.

Projeto Conexão

O aprendizado adquirido durante o percurso já garante modelos de atuação que devem ser compartilhados entre a comunidade na perspectiva de adesão por parte da mesma, mais especificamente do corpo docente, que em parte já demonstra interesse e cria expectativas de utilizá-los em suas práticas pedagógicas.

Do ponto de vista do fluxo de trabalho interno, a experiência da equipe  trouxe esclarecimentos quanto à otimização da atuação dos bolsistas que além de participarem na organização e criação deverão atuar no apoio técnico às ações desenvolvidas pela comunidade ( alunos, professores, setores, parceiros, etc).

Perspectivas do Projeto Conexão

Desse modo, com a base da programação da rádio definida com criações próprias e parcerias está previsto, além dos aprimoramentos, expandir o campo de atuação também em relação ao reaproveitamento do esforço de produção de conteúdo radiofônico nas mídias sociais, dando maior atenção aos processos de propagação desse conteúdo em plataformas de rede social e no site, tendo como efeito positivo colateral a própria divulgação da web rádio no âmbito regional.

Projeto Conexão: novas perspectivas

Portanto, a fusão da Comunicação com a Educação evidencia vantagens e a continuidade do projeto se justifica pelos resultados obtidos mas principalmente, pelo impacto positivo no processo ensino-aprendizagem que deve ser atingido com a maturidade do projeto.